Iede e QEdu lançam formação online e gratuita sobre uso de dados em educação

2022-06-20T11:20:18-03:00 14/06/2022|

Voltado a gestores educacionais e professores, o programa Multiplicadores de Evidências (Mevi) tem inscrições abertas até o dia 30/6. Saiba como participar!

Estão abertas até o dia 30 de junho as inscrições para o programa Multiplicadores de Evidências (Mevi), criado pelo Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede) em parceria com o portal QEdu. Voltado a gestores e educadores, o Mevi tem como objetivo disseminar o uso de dados e evidências em Educação para que elas possam contribuir para a tomada de melhores decisões na área.

Para isso, os participantes selecionados para o Mevi receberão formações sobre as principais bases de dados educacionais existentes no Brasil, os indicadores mais utilizados e a melhor maneira de lê-los, além de instruções práticas sobre como os dados podem ser utilizados no dia a dia das escolas e das redes de ensino. Esses treinamentos, sempre online e gratuitos, serão baseados, principalmente, nos conteúdos disponíveis no portal QEdu e nas suas plataformas: QEdu Gestão, QEdu Países e QEdu Analítico, bem como em estudos realizados pelo Iede.

Como as vagas são limitadas, os interessados devem se inscrever pelo link www.portaliede.com.br/mevi. A seleção será feita com base nas respostas dadas no formulário de inscrição. Os participantes devem se comprometer a realizar pelo menos quatro ações em sua comunidade escolar, disseminando a outros profissionais da área de Educação os conhecimentos adquiridos sobre o uso de dados.


“Um grande problema é a distância que existe dos estudos científicos da gestão educacional. No geral, importantes pesquisas e dados não são de conhecimento de educadores e gestores escolares. Outra questão é ainda a pouca expertise de algumas escolas e redes de ensino para atuarem a partir de dados e evidências. E, nesse contexto, que surge o Mevi. Precisamos ajudar para que mais pesquisas e dados cheguem aos profissionais que atuam na educação. E, levando em consideração o tamanho do Brasil e a necessidade de um esforço coletivo, vimos que a criação de uma rede de multiplicadores pode contribuir com essa causa.”, afirma Ernesto Martins Faria, diretor-executivo do Iede.

A intenção é que o Mevi seja uma poderosa rede de troca de experiências e de boas práticas sobre o uso de dados entre gestores educacionais e educadores de todo o País.

Sobre o Iede

O Iede é um centro de pesquisas em Educação que tem sua atuação sustentada por três pilares: mapear e disseminar boas práticas de redes de ensino e escolas; diagnosticar e fazer análises que ajudem no combate às desigualdades educacionais; e atuar para que indicadores e avaliações orientem as tomadas de decisão. Desde 2019, o Iede é o gestor do portal QEdu. Saiba mais em: portaliede.com.br. Siga o Iede nas redes sociais: Twitter, Instagram, Facebook e LinkedIn.

Sobre o QEdu

Fundado em 2012 pela Fundação Lemann, o QEdu é um portal de dados educacionais aberto e gratuito, com média de 6 milhões acessos por ano e presente em mais de 5 mil cidades brasileiras. Nele, o usuário encontra informações sobre a Educação no nível do País, estados, municípios e escolas e tem acessos a dados do Ideb, Saeb, Censo Escolar e Enem, entre muitos outros. Desde 2019, o QEdu está sob a gestão do Iede. Siga o QEdu nas redes sociais: Twitter, Instagram, Facebook e LinkedIn