Folha de S. Paulo: Maioria dos estudantes de oito anos não sabe ler nem fazer conta direito

2018-11-12T05:38:21+00:00 25/10/2017|

Mais da metade dos alunos do 3º ano do ensino fundamental da rede pública do Brasil têm níveis de leitura e matemática considerados insuficientes, segundo dados de avaliação nacional de alfabetização realizada no ano passado. Em escrita, mais de um terço estão defasados.

Na comparação com a última edição, em 2014, a situação é de estagnação em leitura: 56% dos alunos estavam em níveis insuficientes em 2014, e agora são 55%. Esses alunos não teriam a competência de localizar uma informação explícita em textos como lenda e cantiga folclórica.

Mais de 2 milhões de crianças participaram da avaliação (ANA). Quase 90% dos alunos possuíam 8 anos ou mais no momento da aplicação, em novembro de 2016.

[…]

Para o economista Ernesto Faria, as desigualdades são muito altas. “É reflexo de questões socioeconômicas, mas também de uma escola que reproduz desigualdade e oferece menos a quem mais precisa”, diz ele, diretor do Iede (Instituto Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional).

[…]

 LEIA A REPORTAGEM NA ÍNTEGRA NO SITE DE ORIGEM